Saindo de Victoria – Dia 11

Continuando a estrada sentido Sydney soubemos de um veleiro que encalhou na praia em 1897 num lugar chamado Trinculo que fica na Ninety Mile Beach mas não sabíamos a localização correta então fomos parando em todas as praias até acharmos o tal do veleiro. Como as praias eram todas muito parecidas deixo aqui a foto da nossa preferida, a Seaspray Beach 🙂

Seaspray Beach

Seaspray Beach

DSC_0326

Esqueleto do veleiro no Trinculo

Esqueleto do veleiro no Trinculo

Passando por Sale fomos ver a famosa ponte de engrenagens (Swing Bridge) que fica sob o rio Latrobe. Projetada por John Gainger e construída em 1883 pelo governo de Vitória foi a primeira ponte móvel construída no estado. Sua estrutura de ferro forjado de 45m de comprimento gira em torno de colunas cilíndricas de aço. No seu auge ela era aberta aproximadamente 20 vezes por dia, atualmente ela abre uma ou duas vezes por semana, aos sábados se não me engano (não lembro da informação correta e não encontrei nada a respeito na internet, então me desculpe se eu estiver errada). Em 2003 iniciou-se uma restauração que terminou somente em 2006. A ponte aparece no filme The Tender Hook, de 2008.

The Swing Bridge

The Swing Bridge

The Swing Bridge

The Swing Bridge

The Swing Bridge

The Swing Bridge

Ao lado da ponte tem uma escultura representando uma canoa Aborígene feita de casca de árvore e nela podemos ler a estória da criação do povo Gunnai Kurnai. Com a chegada dos europeus muitos aborígenes foram mortos nos confrontos, estima-se que atualmente cerca de 3000 Gurnai Kurnais vivem na região que hoje é conhecida como Gippsland. A lenda conta que Boorun, o pelicano veio do noroeste pelo rio The Macalister, cruzou com o rio Latrobe perto do ponto onde hoje existe a ponte, caminhou sentido Port Albert carregando a canoa em sua cabeça, ao longo do caminho ele ouviu um som de uma batida constante mas nao identificou do se tratava. Ao chegar em um ponto mais fundo desceu a canoa e para sua surpresa havia uma mulher dentro dela, ela se chamava Tuk, o pato almíscar. Ele ficou muito feliz ao vê-la e ela se tornou sua esposa. Foi deles que descendeu o povo Gunnai Kurnai.

Escultura representando uma canoa Aborígene

Escultura representando uma canoa Aborígene

Após longas horas de estrada saímos do estado de Vitória e passamos a noite em um hotel em Bega em New South Wales (Nova Gales do Sul em português).

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Um pensamento sobre “Saindo de Victoria – Dia 11

  1. Clélia mar 17, 2014 às 6:38 am Reply

    Muito bonita a ponte. Muito interessante a lenda do povo aborígene.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: