Fraser Island – A ilha, Dirigindo na areia, Dingoes & Naufrágio

Olá pessoal!

Chegou a vez da Fraser Island. Uma linda ilha onde ficamos por quatro dias 🙂

A Fraser Island faz parte do estado de Queensland, mais ou menos 200km ao norte de Brisbane, tem aproximadamente 120km de comprimento e é a maior ilha de areia do mundo! Ela se estende até 500 metros abaixo do nível do mar. Incríveis florestas que crescem apenas na areia (!), lagos de água doce e dunas de areia fazem da ilha um local excepcional, tanto que em 1992 ela foi declarada patrimônio mundial da UNESCO.

Imagem: domínio público “https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AFraser_Island.png”> via Wikimedia Commons

História

O nome original da ilha é K’gari (se pronuncia ‘Gurri’) que significa ‘paraíso’. O nome foi dado pelos nativos da tribo Aborígine Butchulla (se pronuncia ‘Badt-jala’) que viveram lá por aproximadamente cinco mil anos. Infelizmente, em 1840 os europeus resolveram colonizar a ilha e causaram um desastre imenso para o povo Butchulla, sobrecarregando o estilo de vida deles com armas, doenças e escassez de comida (basicamente o que fizeram no Brasil com os índios). A população que antes chegava a até 3000 habitantes nos meses de abundância de alimentos caiu para 300 pessoas em 1890, apenas 50 anos! A maioria dos Aborígenes que sobreviveram deixaram a ilha em 1904 e foram realocados em missões em Yarrabah e Durundur, Queensland. Mas hoje, felizmente, podemos encontrar vários locais sagrados que ainda são preservados na ilha, como os quase 500 sites arqueológicos indígenas na região. Em Outubro de 2014, Direitos para Nativos foram garantidos para os Butchulla pela Côrte Federal. Isso permite que eles possam caçar, pescar, usar a água para fins domésticos e estabeleçam negócios relacionados com ecoturismo.

Voltando ao nome da ilha. De acordo com a lenda aborígene, quando os humanos foram criados e precisavam de um lugar pra viver, o deus Beiral enviou a deusa K’gari e o mensageiro Yendingie do paraíso para que criassem terras, montanhas, rios e mares. K’gari se apaixonou pela beleza da terra e não quis retornar ao paraíso. Então Yendingie a transformou numa ilha paradisíaca! ❤ Mas infelizmente os invasores de terras tem essa péssima mania de mudar os nomes originais para o de suas línguas e então passaram a chamar a ilha de Fraser em homenagem a Eliza Fraser, que foi a sobrevivente de um naufrágio em 1836.

Acesso

O acesso á ilha se da por meio de balsa ou avião. Dentro da ilha somente veículos 4×4 conseguem se locomover, ás vezes nem esses haha. Você pode usar seu próprio veiculo, alugar algum nas muitas empresas de aluguel próximas á ilha ou comprar um tour de ônibus (que também é 4×4).

Como nosso carro é muito baixo pra aquele tanto de areia, nós alugamos um Jeep mais adequado pra ilha. A empresa que escolhemos foi a Fraser Dingo 4wd Hire e o pacote de 4 dias foi o 4 Day Hire. Eles tem pacotes somente do aluguel de carro, carro + acomodação em hotel, carro + camping, etc. Confira todos aqui.

Para alugar o carro você deve fazer a reserva com antecedência (se for no verão tente reservar o quanto antes pois a procura é grande). Você paga 30% do valor total na hora da reserva e o restante quando pega o carro. Na hora do pagamento restante também é feito um depósito de segurança no cartão de crédito de $1200 – $1500 dependendo da quantidade de dias. Esse valor fica como pendente e caso você estrague o carro o valor é debitado pra cobrir os gastos.

Quanto:

  • Pacote para 4 dias (balsa inclusa) – $910  ($56.88 por pessoa / por dia)
_DSC0006

O Jeep, o nome dele era RED 🙂

_DSC0056_2

A “estrada”

Acomodação

O principal tipo de acomodação é acampamento. Contudo existem alguns hotéis e albergues por lá, assim como casas inteiras para aluguel de temporada (o que sai extremamente caro).

Tipo de acomodação: Acampamento na Central Station

Valor: Três noites para 1 barraca / 4 pessoas – $69 ($5.75 por pessoa / por noite)

Mapa

Clique na imagem para visualizar o mapa

Clique na imagem para visualizar o mapa

Naufrágio

Uma das principais atrações na ilha é o naufrágio do navio SS Maheno. Ele foi construído na Escócia em 1905 como um luxuoso cruzeiro Trans-Tasman. Durante a primeira guerra mundial ele serviu como um navio hospital no Canal Inglês, e então foi devolvido aos donos para uso comercial. Em 1935, ele foi retirado do mercado e vendido a um japonês para desmanche. Enquanto estava sendo guinchado para Osaka para ser destruído, ele entrou em um ciclone próximo a costa de Queensland, as correntes arrebentaram e ele foi parar nas areias da Fraser Island. Durante a segunda guerra mundial o navio serviu como alvo de bombas para prática das Forças Especiais da Austrália que treinavam na ilha.

_DSC0047_2 _DSC0050

 

Dingo

Os Dingos são cachorros selvagens que habitam a Austrália e a Fraser Island é um dos poucos lugares que podemos vê-los na natureza. Eles são de porte médio e magros, normalmente não são tão agressivos com adultos mas devido aos maus hábitos de turistas os alimentarem eles podem atacar para roubar comida. Sempre ande em grupos e NUNCA deixe uma criança desacompanhada na ilha, já houveram alguns casos de crianças atacadas e mortas por grupos de dingos. Tome cuidado com seus alimentos e lixo, mantenha tudo seguro dentro da barraca ou em caixas plásticas fechadas. E jamais alimente os animais selvagens, isso prejudica muito a capacidade deles de caça e os tornam agressivos. Nos meses de inverno, por exemplo, a quantidade de turistas cai e se algum animal não aprendeu a caçar porque recebia comida das pessoas ele pode morrer de fome nos meses em que não há tantos visitantes.

_DSC0063 _DSC0071 _DSC0073 _DSC0085

Esse post foi para informações gerais sobre a ilha e sobre nosso primeiro dia lá. Ainda tem mais dois dias de fotos e vídeos 🙂 (o quarto dia foi basicamente desmontar a barraca e voltar pro continente hehe).

Para ver os outros dois posts sobre a Fraser Island clique nos links abaixo 😉

Fraser Island – Wanggoolba Creek, Eli Creek, The Pinnacles & Indian Head

Fraser Island – Lake McKenzie

*Lembrando que todos os valores e informações são somente para referência. Para informações atualizadas por favor visite as paginas citadas no post.

 

Obrigada pela visita pessoal 😀

M.

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , ,

4 pensamentos sobre “Fraser Island – A ilha, Dirigindo na areia, Dingoes & Naufrágio

  1. […] Fraser Island – A ilha, Dirigindo na areia, Dingoes & Naufrágio […]

    Curtir

  2. […] Olá pessoal! Mais um post sobre a Fraser Island 😀 Para ver o primeiro post sobre a ilha clique aqui. […]

    Curtir

  3. Ronaldo Rocha jan 30, 2016 às 2:12 am Reply

    Nossa!!! Deu uma vontade enorme de estar lá de novo!
    Esta aventura foi demais.

    Curtido por 1 pessoa

    • Michele Paes jan 30, 2016 às 2:14 am Reply

      Eu também fiquei com vontade de estar lá quando estava escrevendo o post! Lugar maravilhoso 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: