Arquivo da tag: Vivendo em Sydney

Dirigindo na Austrália – Carteira de Habilitação de Moto

Resolvi tirar minha carteira de moto aqui na Austrália e como nunca tive essa categoria no Brasil tive que fazer o processo desde o início. Já fiz um post aqui no blog com informações gerais sobre o processo de obtenção da carteira de habilitação e também com todo o procedimento da categoria de carro, clique aqui pra ver o post.

IMG_5002

Cada estado da Austrália tem suas próprias regras e procedimentos para obtenção da driver licence (carteira de habilitação), portanto falarei aqui somente do estado que eu moro e do que tenho conhecimento do assunto, nesse caso, New South Wales. O órgão emissor é o Roads and Maritime Services (RMS/RTA). Todas as informações e valores descritos nesse post foram retirados do site citado acima em janeiro de 2016, portanto servem somente como um guia. Para informações e valores atualizados por favor consulte o site oficial do RMS.

Se você for visitante (residente temporário) pode usar a CNH brasileira acompanhada da tradução ou a Permissão Internacional para Dirigir (PID), que é obtida no Detran (algo em torno de R$50). Se você for morar na Austrália por mais de 3 meses você pode aplicar para a carteira australiana. Se você for residente permanente terá até 3 meses para providenciar a carteira australiana.

As classes são as mesmas para todos os estados da Austrália, carro é classe C (car) e moto R (rider), por exemplo. Para as demais clique aqui.

Tirando a carteira de moto pela primeira vez

O governo de NSW introduziu o Graduated Licensing Scheme, um processo que visa dar experiência com segurança aos novos motoristas, o processo completo leva no mínimo 3 anos e 3 meses para passar por todos os estágios. Você deve ter no mínimo 16 anos e 9 meses de idade para aplicar para o processo.

Nem toda moto pode ser pilotada por um learner então antes de comprar a sua dê uma olhada se você poderá pilotar ela aqui em Approved motorcycles for novice riders.

Se você morar em uma área declarada, basicamente uma cidade grande/média, você passara pelos estágios abaixo, caso more em uma área não declarada não terá um centro de treinamento próximo a sua casa que ofereça o curso de pré aprendiz então terá que fazer, além do teste teórico, o Teste de Habilidade de Operação de Motocicleta – Motorcycle Operator Skill Test (MOST). Para confirmar em que tipo de área você mora ligue para o Roads and Maritime Services no numero 13 22 13. Aqui você encontra a lista dos centros de treinamento, eu fiz no Honda Australia Rider Training (HART).

São 5 estágios para passar da carteira de aprendiz (learner) até a efetiva (full licence ou unrestricted):

  1. Completar com sucesso o curso de pré aprendiz – Pre-learner Course.
  2. Fazer o teste teórico – Driver Knowledge Test (DKT) – você receberá a learner licence e deve usar uma placa amarela com um L próxima a placa de trás da moto.
  3. Manter essa carteira por pelo menos 3 meses e completar com sucesso o curso Pre-provisional Course. Aplicar para a carteira provisória P1 licence e passar a usar uma placa branca com um P vermelho na moto.
  4. Manter a P1 por pelo menos 12 meses e aplicar para a P2 licence e passar a usar uma placa branca com um P verde na moto.
  5. Manter a P2 por pelo menos 24 meses e aplicar para a Full licence.

Pre-learner Course – Curso de pré aprendiz

O curso tem duração de dois dias sendo 3,5 horas cada dia. O centro disponibiliza a moto, capacete e luvas. Para agendar os dias do curso clique aqui ou ligue para 13 22 13, para saber os valores atuais clique aqui, quando fiz paguei $88.

Esse curso foi desenvolvido pra quem não tem nenhuma experiência com moto, portanto não se preocupe se você nunca sentou em uma. O curso tem um critério de passar/reprovar e se você reprovar em algum componente do curso terá que marcar um novo teste. As turmas geralmente são pequenas, de três a cinco pessoas.

No primeiro dia, em sala, o instrutor vai falar sobre segurança no trânsito e algumas coisas básicas sobre motocicletas. Após isso vocês seguem para o pátio onde as motos já estarão posicionadas a espera dos alunos. A primeira coisa que é ensinada é como montar e desmontar da moto já que existe um procedimento de segurança pra isso. As outras instruções que vem a seguir são feitas com a moto desligada. Um dos exercícios, por exemplo, é uma pessoa dar um empurrão na moto de forma que você aprenda a se equilibrar com os dois pés fora do chão sem que a moto esteja ligada (estranho eu sei, mas é seguro e eficiente), outros exercícios você faz empurrando ela com os pés (como quando você estaciona), se você tem perna curta que nem eu se prepare pra dor na panturrilha depois haha.

IMG_5074

Esse treinamento era pra ser carteiro, por isso da bandeirinha e roupa e alforjes amarelos

IMG_5076

Depois do intervalo os exercícios são com a moto ligada e você vai praticamente aprender a arrancar e andar reto na primeira marcha. No fim do dia você recebe um formulário de perguntas pra trazer respondido no dia seguinte.

IMG_5077

Questionário

No segundo dia as coisas ficam mais interessantes e você passa a aprender a trocar de marcha, frear, como frear numa emergência, entre outros. No ultimo exercício o instrutor monta um mini circuito com cones onde ele vai analisar se você aprendeu todos os procedimentos de segurança e pilotagem em si que foram ensinados no curso. Ele avalia desde se você checou os pontos cegos virando a cabeça E olhando os espelhos até se você consegue trocar a marcha de maneira segura e eficiente. Outras coisas que ele fica de olho são as luzes indicadoras e de freio. Voltando para a sala de aula ele te dará um certificado de aprovação (se você for aprovado obviamente) que deverá ser entregue no RTA quando for fazer o teste teórico.

Certificado de competencia

Certificado de competência

 

Driver Knowledge Test (DKT) – Teste Teórico

No site do RMS você pode fazer o download do Road Users’ Handbook com todas as informações necessárias para o teste como regras de trânsito, multas e pontos na carteira, o Motorcycle Rider’s Handbook que tem informações especificas para motocicletas e um guia com todas as possíveis perguntas do teste com as respostas. Além desses documentos o site oferece um simulado pra você treinar antes de fazer o teste, existe também um aplicativo pra smartphone com esse simulado 😉 (Esses links são para o teste de carro, consulte o site para as demais categorias).

É necessário agendar um horário no site e pagar o valor de $43, normalmente tem horário disponível dentro de uma semana mas isso pode variar dependendo da época e do local escolhido. Chegando lá você entrega os documentos necessários e preenche o formulário de aplicação. O teste é feito em um computador ali mesmo e o formato é idêntico o simulador do site, consiste em 45 perguntas, sendo 15 delas de conhecimento geral na primeira parte e 30 perguntas de segurança no transito na segunda parte. Dessas 45 perguntas você deve acertar pelo menos 12 na primeira parte e 29 na segunda. O resultado aparece na hora, caso reprove você deverá agendar um novo teste e caso você seja aprovado deve voltar ao guichê para o teste de visão.

Simulado

Simulado

Eyesight test- Teste de Visão

É feito ali mesmo no guichê, o atendente liga um projetor que reflete na parede de trás dele e pede pra você ler duas ou três linhas. A regra dos óculos é a mesma do Brasil, se usá-los na hora do teste uma condição será adicionada na sua carteira e você terá que usá-los sempre que for dirigir/pilotar.

Depois disso você já pode pegar a Learner Driver Licence (carteira de aprendiz). Basta tirar uma foto, pagar uma taxa de $24 pela carteira e esperar a impressão, tudo na hora. Como eu já tinha a carteira de carro tive que fazer uma nova carteira só incluindo a classe da moto.

IMG_5086

Learner Licence

Learner Licence – Essa foi a que peguei no processo do carro, se você nunca tirou nenhuma carteira daqui a sua vai se parecer mais com essa

*Assim que eu fizer os outros estágios até chegar a carteira efetiva eu venho atualizar esse post.

 

Principais documentos para identificação:

*Todos os documentos devem ser originais. Listarei aqui os principais documentos para quem não é residente permanente ou cidadão, clique aqui para a lista completa.

• Atual carteira de habilitação do seu país de origem acompanhada de tradução oficial – a tradução deve ser feita no Community Relations Commission of NSW  (a partir de $77 para entrega em 14 dias, mais opções aqui) ou no Department of Social Services (DSS)  (grátis, porém você devera checar sua elegibilidade)

• Comprovante de residência (caso nenhum dos outros documentos contenham seu endereço atual).

• Passaporte válido e visto.

• Cartão do plano de saúde, cartão de credito/débito ou carteira de estudante de escola secundária, TAFE ou universidade.

Todas as informações foram retiradas do site Roads and Maritime Services (RMS).

Obrigada pela visita pessoal 😀

M.

Anúncios

Dirigindo na Austrália – Carteira de Habilitação de Carro

Antes de qualquer coisa é importante saber que aqui se dirige na mão inglesa, o volante fica do lado direito do carro e você anda do lado esquerdo da rua. É um pouco confuso no começo mas acostuma rápido! Você bate a mão na porta tentando trocar de marcha, liga o limpador do para-brisa ao invés da seta, entra na rotatória pelo lado errado, mas na terceira vez que dirigir já tá craque hahahaha.

Cada estado da Austrália tem suas próprias regras e procedimentos para obtenção da driver licence (carteira de habilitação), portanto falarei aqui somente do estado que eu moro e do que tenho conhecimento do assunto, nesse caso, New South Wales. O órgão emissor é o Roads and Maritime Services (RMS/RTA). Todas as informações e valores descritos nesse post foram retirados do site citado acima em novembro de 2014, portanto servem somente como um guia, para informações e valores atualizados por favor consulte o site oficial do RMS.

Se você for visitante (residente temporário) pode usar a CNH brasileira acompanhada da tradução ou a Permissão Internacional para Dirigir (PID), que é obtida no Detran (algo em torno de R$50). Se você for morar na Austrália por mais de 3 meses você pode aplicar para a carteira australiana. Se você for residente permanente terá ate 3 meses para providenciar a carteira australiana.

As classes são as mesmas para todos os estados da Austrália, carro é classe C (car) e moto R (rider), por exemplo. Para as demais clique aqui.

Tirando a carteira pela primeira vez (carro)

O governo de NSW introduziu o Graduated Licensing Scheme, um processo que visa dar experiência com segurança aos novos motoristas, o processo completo leva no mínimo 4 anos para passar por todos os estágios. São 7 estágios para passar da carteira de aprendiz (learner) até a efetiva (full licence ou unrestricted):

  1. Fazer o teste teórico – Driver Knowledge Test (DKT) – você receberá a learner licence e deve usar uma placa amarela com um L próxima a placa do carro, na frente e atrás.
  2. Manter essa carteira por pelo menos 12 meses e completar 120 horas de direção supervisionada (alguém que tenha a full licence), incluindo 20 horas de direção noturna se você for menor de 25 anos.
  3. Fazer o teste prático – Driving Test – você receberá a carteira provisória P1 licence e passa a usar uma placa branca com um P vermelho no carro.
  4. Manter a P1 por pelo menos 12 meses.
  5. Fazer o teste de percepção de risco – Hazard Perception Test (HPT) – você receberá a carteira provisória P2 licence e passa a usar uma placa branca com P verde no carro.
  6. Manter a P2 por pelo menos 24 meses.
  7. Fazer o teste de qualificação do motorista – Driver Qualification Test (DQT) – você receberá então a full licence e não precisa mais usar nenhum tipo de placa no carro.

*Atualização: Tirei também a carteira de moto aqui na Austrália e você pode conferir o processo clicando aqui.

Convertendo uma carteira internacional (carro)

O tipo da carteira vai depender de há quanto tempo você tem a carteira no Brasil. Veja a seção Moving to NSW (mudando para NSW).

tabela

Eu já tinha a carteira brasileira há mais de 3 anos então pude fazer o processo mais simples que consiste no teste teórico, teste de visão e teste prático. Sobre os demais testes acesse o site do RMS.

Driver Knowledge Test (DKT) – Teste teórico

No site do RMS você pode fazer o download do Road Users’ Handbook com todas as informações necessárias para o teste como regras de trânsito, multas e pontos na carteira, e um guia com todas as possíveis perguntas do teste com as respostas. Além desses documentos o site oferece um simulado pra você treinar antes de fazer o teste, existe também um aplicativo pra smartphone com esse simulado 😉 (Esses links são para o teste de carro, consulte o site para as demais categorias).

É necessário agendar um horário no site e pagar o valor de $43, normalmente tem horário disponível dentro de uma semana mas isso pode variar dependendo da época e do local escolhido. Chegando lá você entrega os documentos necessários e preenche o formulário de aplicação. O teste é feito em um computador ali mesmo e o formato é idêntico o simulador do site, consiste em 45 perguntas, sendo 15 delas de conhecimento geral na primeira parte e 30 perguntas de segurança no transito na segunda parte. Dessas 45 perguntas você deve acertar pelo menos 12 na primeira parte e 29 na segunda. O resultado aparece na hora, caso reprove você deverá agendar um novo teste e caso você seja aprovado deve voltar ao guichê para o teste de visão.

Simulado

Simulado

Eyesight test- Teste de Visão

É feito ali mesmo no guichê, o atendente liga um projetor que reflete na parede de trás dele e pede pra você ler duas ou três linhas. A regra dos óculos é a mesma do Brasil, se usá-los na hora do teste uma condição será adicionada na sua carteira e você terá que usá-los sempre que for dirigir/pilotar.

Depois disso você já pode pegar a Learner Driver Licence (carteira de aprendiz). Basta tirar uma foto, pagar uma taxa de $24 pela carteira e esperar a impressão, tudo na hora.

Learner Driver Licence

Learner Driver Licence

Driving test – teste prático

Assim como no teste teórico o teste prático também deverá ser agendado no site e ser pago o valor de $52. Novamente você deverá levar os documentos necessários e preencher o formulário de aplicação. Você pode utilizar seu próprio carro ou alugar um carro para o teste, o aplicador irá inspecionar o carro para saber se ele está em condições de uso. Assim como no Brasil o teste começa antes mesmo de você ligar o carro e o aplicador irá avaliar principalmente sua capacidade de perceber riscos, tomar decisões e compartilhar as vias com os demais veículos, ciclistas e pedestres. Uma coisa que eles acham muito importante e você pode perder pontos se não fizer é olhar por cima do ombro para notar motociclistas e ciclistas (que também utilizam as vias). O aplicador irá pedir algumas manobras que podem incluir rampa, retorno de três pontos, estacionar paralelo ao meio-fio, de frente ou de ré à 45° ou 90°. O site também disponibiliza para download um guia bem explicado para esse teste.

Uma vez terminado o teste o aplicador irá analisar seu desempenho e te dar o resultado dentro de alguns minutos (ou muitos dependendo do humor dele haha), então você volta ao guichê com a aprovação e documentos, tira outra foto, paga a taxa de emissão da nova carteira (cada categoria tem um preço, no meu caso peguei direto a full licence e paguei $54, válida por um ano) e aguarda a impressão.

Full Licence

Full Licence

Principais documentos para identificação:

*Todos os documentos devem ser originais. Listarei aqui os principais documentos para quem não é residente permanente ou cidadão, clique aqui para a lista completa.

• Atual carteira de habilitação do seu país de origem acompanhada de tradução oficial – a tradução deve ser feita no Community Relations Commission of NSW  (a partir de $77 para entrega em 14 dias, mais opções aqui) ou no Department of Social Services (DSS)  (grátis, porém você devera checar sua elegibilidade)

• Comprovante de residência (caso nenhum dos outros documentos contenham seu endereço atual).

• Passaporte válido e visto.

• Cartão do plano de saúde, cartão de credito/débito ou carteira de estudante de escola secundária, TAFE ou universidade.

Todas as informações foram retiradas do site Roads and Maritime Services (RMS).

Obrigada pela visita pessoal 😀

M.

Madame Tussauds Sydney – Museu de Cera

Esses dias fomos turistar um pouco aqui em Sydney e fomos no museu de cera Madame Tussauds, é um passeio bem divertido e interessante 🙂

Comprando o ticket online você tem 30% de desconto e o valor da entrada única para adultos sai por $28 e $19.60 para crianças, porém existem outros tipos de tickets como passes anuais ou combos com outras atrações. Clique aqui para conferir todas as opções.

Endereço: Aquarium Wharf, Darling Harbour NSW 2000. Ao lado do Sydney Aquarium & Wild Life Sydney (outros dois ótimos passeios de Sydney).

Horários: Diariamente das 9:30am ás 8:00pm, com última entrada sendo ás 7.00pm. Os horários podem mudar se houver algum evento especial, melhor consultar o site antes 😉

Algumas fotos do nosso passeio:

Capitão James Cook

Capitão James Cook

Nelson Mandela

Nelson Mandela

Ned Kelly

Ned Kelly

Dalai Lama

Dalai Lama

Mahatma Gandhi

Mahatma Gandhi

Família Real

Família Real

Príncipe William & Duquesa Kate

Príncipe William & Duquesa Kate

Barack Obama

Barack Obama

Katy Perry

Katy Perry

Albert Einstein

Albert Einstein

Oprah

Oprah

Marilyn Monroe

Marilyn Monroe

Lady Gaga

Lady Gaga

Hugh Jackman, como Wolverine

Hugh Jackman, como Wolverine

Heath Ledger

Heath Ledger

Mel Gibson, como Max

Mel Gibson, como Max

Mel Gibson, como Max

Mel Gibson, como Max

Eu e o E.T. =P

Eu e o E.T. =P

Jackie Chan

Jackie Chan

Leonardo DiCaprio

Leonardo DiCaprio

Bruce Willis

Bruce Willis

Brad Pitt & Angelina Jolie

Brad Pitt & Angelina Jolie

Johnny Depp

Johnny Depp

Madonna

Madonna

Obrigada pela visita pessoal 😀

M.

Vivendo em Sydney – Aleatórios I

Semana passada fui na despedida de um colega de trabalho que aconteceu num RSL club (Returned and Services League of Australia) que é uma organização de suporte as pessoas que servem ou serviram as forças armadas da Austrália e seus familiares. A organização é composta pelos clubes, casas de repouso, frota de táxis e até uma espécie de loteria que levanta fundos para o desenvolvimento e manutenção das casas de repouso, hospitais e demais auxílios aos membros, familiares e à comunidade. Os clubes geralmente contam com bares, restaurantes, áreas comuns onde acontecem jogos e sorteios e um espaço para jogos de azar e apostas. Todas as noites, normalmente às 18h, todos se levantam e as luzes baixam para uma ode e/ou um minuto de silencio em homenagem àqueles que serviram e deram suas vidas pelo país.

Nesse dia aconteceu o Meat Raffle que é uma rifa de carnes (!) onde você compra um ticket com 50 números por $10 e torce! Nesse clube em particular essa rifa acontece toda semana. O valor arrecadado geralmente vai para a caridade.

IMG_2759IMG_2757

Untitled-1

Nos intervalos dos sorteios da rifa outro jogo acontece, os membros presentes no dia são sorteados a participarem de perguntas de temas variados valendo prêmios em dinheiro. No próximo jogo duplas e grupos são cadastrados na hora para perguntas de temas variados que passam nas telas espalhadas pelo local e ditas nos alto-falantes mais ou menos a cada 3 minutos, no final de umas 5 rodadas os campeões retiram seus prêmios.

***

Outro dia fomos almoçar numa pequena pizzaria/lanchonete perto de casa, o Beach Bites Diner a decoração é um charme e a comida é ótima. Eles servem deliciosas mini pizzas por $5 (somente no almoço) e um milkshake maravilhoso. Recomendamos!

Endereço: 1303 Pittwater Rd, Narrabeen, Sydney, NSW

IMG_2767 IMG_2765 IMG_2764

Obrigada pela visita pessoal 😀

M.

Visto de Turismo pra Austrália

Essa é mais uma categoria no C&T onde falaremos mais sobre a vida aqui em Sydney, vistos, custo de vida, etc.

Seja uma visita de apenas um dia (conexão de voos) ou para residir por alguns anos você irá precisar de um visto para entrar na Austrália. As informações descritas abaixo servem somente como orientação e para informações e valores oficias você deverá consultar o site do departamento de imigração (DIPB): http://www.border.gov.au/. Falaremos aqui dos mais procurados pelos brasileiros mas você pode encontrar todos os tipos de vistos disponíveis no site citado acima.

Obs.: O site é em inglês (língua oficial da Austrália) mas se você preferir pode traduzir a página com o Google Tradutor, basta copiar o link acima e colar na caixa de texto do tradutor e apertar a tecla enter (já ajuda bastante).

Quando desembarcar na Austrália você deve apresentar o passaporte, o visto e a carteira de vacinação internacional comprovando a vacina da febre amarela. Você deve tomar a vacina com antecedência mínima de 10 dias da data de chegada na Austrália (como ela vale por 10 anos aconselho a tomá-la com um pouco mais de antecedência pra não ter problemas depois). Unidades de saúde do SUS oferecem a vacina gratuitamente, porém você receberá a carteira nacional, para a emissão da carteira internacional vá ate um posto da Anvisa (geralmente no aeroporto você encontra um, pra quem embarca no Afonso Pena fica próximo à Polícia Federal) com a carteira nacional e um documento de identificação com foto (RG ou passaporte – que acho melhor).

Visto de Turismo (Visitor – Subclass 600)

O visto de turista é ideal para quem deseja visitar o país, visitar amigos e/ou familiares ou estudar em cursos de até doze semanas. O visto poderá ser concedido com uma ou múltiplas entradas e com estadia de até doze meses. Este visto não tem permissão para trabalho.

Brasileiros podem aplicar para esse visto online, lembrando que o visto é vinculado ao numero do passaporte então se você precisa renovar o seu, faça isso antes de aplicar para o visto. No site da embaixada australiana no Brasil tem um passo-a-passo com dicas do preenchimento do formulário online, clique aqui para ver o documento em português.

Documentos

Os documentos devem ser escaneados para envio eletrônico. Clique aqui para ver a lista completa de documentos no site da imigração (a maioria das agências de viagem pedem como identificação somente cópia simples do passaporte e RG mas aqui vou listar os documentos segundo o próprio site da imigração).

  • Formulário online (O site da imigração fornece o formulário para download em varias línguas, você pode usá-lo como guia para preencher o formulário online em inglês. Clique aqui para baixar o formulário em português).
  • Cópia autenticada da página do passaporte que contem a foto, informações pessoais e datas de expedição e validade.
  • Cópia autenticada do certificado de nascimento e de casamento (se aplicável).
  • Se você teve alguma alteração no seu nome (adicionou o nome do parceiro por exemplo) você deve enviar uma cópia autenticada do certificado de mudança de nome.
  • Foto recente 3×4 ou 5×7.
  • Cópia autenticada do certificado de reservista (se aplicável).
  • Evidência financeira (geralmente dos 3 últimos meses): extrato bancário (conta corrente, poupança, investimentos), holerites, fatura do cartão de credito, imposto de renda, etc.
  • Evidência de retorno ao seu país de origem: Carta da empresa que você trabalha confirmado o vínculo empregatício (cargo, salário, tempo de serviço e período de férias), comprovante de matrícula em alguma instituição educacional (escola, curso técnico, faculdade), comprovante de bens no país de origem (imóvel, carro, empresa, etc).

Valor

O custo do visto de turista hoje é de R$284 (AUD 130). Clique aqui para ver os preços atualizados em diferentes moedas, essa pagina contém os preços de todos os tipos de vistos.

Tempo de processamento do visto

Depois de preencher o formulário online e anexar todos os documentos você receberá um confirmação de recebimento e a partir dessa o tempo de processamento para o visto ser concedido varia de 1 dia útil até 1 mês (caso seja necessário o envio de mais documentos), em geral esse visto é concedido em até 3 dias úteis.

Quando o visto for concedido você receberá um email informando o tipo de visto (turismo nesse caso), número do visto, validade, período de permanência, número de entradas e condições. Imprima e apresente à imigração quando chegar na Austrália.

Boa viagem! 🙂

DSC_0003

Todas as informações foram retiradas do site da imigração (http://www.immi.gov.au/Pages/Welcome.aspx) no dia 19/07/2014 e como as normas mudam muito e a qualquer momento recomendo que você acesse o site para informações mais precisas/atualizadas.

Obrigada pela visita pessoal 😀

M.

Vivid Festival – Sydney

O Vivid Festival é um evento anual que acontece entre maio e junho. Um festival de luz, música e ideias.

This is your house Sydney! #vividsydney

A post shared by Vivid Sydney (@vividsydney) on

Fiz um vídeo do celular mesmo pra poder mostrar um pouquinho desse evento super bonito pra vocês

 

Fotos: @vividsydney

Mais informações: http://www.vividsydney.com/

 

%d blogueiros gostam disto: